Soft Skills poder ser desenvolvido e melhorado?

  • 1
  • 11 de dezembro de 2018

No mundo globalizado, a tecnologia atinge valores de desenvolvimento notáveis, desta forma, podemos definir três conceitos intrinsicamente interligados às práticas dos profissionais: o conhecimento, as habilidades (Skills) e as aptidões pessoais.

Você ainda não sabe o que são skills? Então vamos lá, skills realmente significa “habilidades”. Dentro dessa grande categoria de habilidades, temos as hard skills e as soft skills – assim como a importância delas para a personalidade de um profissional. O Skills é muito  utilizado para designar a capacidade de concretização de uma ação, de forma rápida, eficiente e focado no objetivo. São as aptidões e as destrezas aplicadas por cada profissional para a execução de determinada tarefa.

Inúmeros profissionais do mercado de trabalho hoje buscam aperfeiçoamento para se tornarem gestores mais comprometidos com sua equipe, seja porque estão iniciando uma nova etapa na área de liderança ou porque sentem que seus projetos não estão resultando grandes conquistas. Dentro do entendimento sobre o que é soft skills, entende-se que elas são são atributos e competências pessoais e ajudam cada pessoa a refinar suas interações com colegas de trabalho e gestores, melhorando a comunicação organizacional, assim como com o mundo ao seu redor. Hards Skills, consideradas as exigências técnicas ou o conhecimento teórico, prático e científico. Consideradas como habilidades intangíveis, as Soft Skills estão relacionadas à personalidade do profissional.

Em uma pesquisa realizada pela empresa americana de recrutamento CareerBuilder, que analisou uma amostra de 2.138 gestores e profissionais de recursos humanos, 77% dos entrevistados acreditavam que as Soft Skills são tão importantes quanto as competências técnicas (Hards Skills ) aprendidas para executar um trabalho.

Por mais que um colaborador tenha uma função técnica, as habilidades comportamentais farão grande diferença no seu desempenho. Todo trabalhador precisa ter interações com outras pessoas, seja dentro do escritório, seja lidando com clientes e stakeholders externos.

Dessa forma, ter soft skills desenvolvidas permite que as pessoas consigam ter mais controle sobre suas emoções, além de saberem tirar o máximo proveito daquilo que elas dominam. Por exemplo, se um gerente de vendas tem flexibilidade, ele conseguirá lidar com as diferentes cobranças internas e com seus colegas.

As soft skills não serão “exigidas” na hora de uma contratação, porém, são extremamente valiosas para a manutenção de uma inteligência emocional no ambiente de trabalho, para tornar as relações profissionais mais positivas. Por isso, para treiná-las, é preciso dedicação contínua.

Para um profissional de gestão se destacar como um líder dentro de uma organização, independentemente de habilidades e experiências mais técnicas, é crucial desenvolver habilidades e competências sociais.

As soft skills mais valorizadas nomercado de trabalho e que devem ser desenvolvidas e incorporadas pela equipe multidisciplinar são:

  • Saber trabalhar bem em equipe;
  • Ter uma boa oratória, postura e falar bem;
  • Possuir uma boa comunicação verbal, com assertividade, persuasão, objetividade, carisma e liderança;
  • Ser um bom gestor, ou seja, saber lidar com cargos de liderança, engajar e ajudar aos outros;
  • Criatividade e atitude positiva;
  • Ter flexibilidade. Ou seja: saber se adaptar às mudanças;
  • Saber aplicar estratégias para melhorar o clima organizacional;
  • Saber trabalhar sob pressão sem deixar que o estresse tome o controle.

Pensando na evolução do mercado da educação e da necessidade cada vez maior de profissionais se manterem atualizados e treinados desenvolvendo tanto soft como hard skills, os cursos no LABFIN_Provar na FIA estão aplicando em seus currículos o aprimoramento do Soft Skills baseado no Coaching. Visite nosso portfolio.