Os anúncios de ocasião e os olhos atentos ao mercado: O milk-shake com sabor de concorrência

Nos últimos dias os consumidores foram pegos de surpresa com a novidade de que a longínqua parceria entre a rede de lanchonete Bob’s e a marca de achocolatados Ovomaltine havia chegado ao fim. Estabelecida desde a década de 1950, a parceria permitia à rede de lanchonetes a exclusividade do uso do Ovomaltine para produção de seus famosos milk-shakes.

Desde a quarta-feira, 14 de setembro, a exclusividade do uso da marca Ovomaltine para produção de milkshakes passou para a concorrente norte-americana Mc Donalds. O fato fez surgir nas mídias sociais, um dos principais canais de comunicação das marcas com seu público-alvo, anúncios de ocasião que rapidamente viralizaram.

Sem perder a oportunidade, a rede Giraffas aproveitou o ensejo para entrar na “disputa” e, fazendo uso do bom humor, tom recorrentemente utilizado em seus anúncios, manifestou-se com uma peça cujo texto dizia: “De boa, assistindo a treta, com meus vários milk-shakes”. Para não ficar atrás, foi a vez do Burguer King fazer circular o anúncio com o texto “Calma gente, Shake Crocante com ‘aquele-ingrediente-que-não-deve-ser-nomeado’ aqui também tem. Já carne grelhada…”

Quem não perdeu a oportunidade também foi a marca Philips-Walita. Sem perder tempo a marca soltou uma peça na qual reproduzia os posts no Facebook das lanchonetes, seguidos do texto “Chega de briga. Com os liquidificadores Philips Walita você faz seus milk-shakes favoritos em casa”.

Essas manifestações acerca do movimento do mercado, que ocorrem em profusão e de maneira quase instantânea nas redes sociais, é fruto de uma estratégia de Inteligência de Mercado importante para as empresas: a vigilância da concorrência. Acompanhar o que os concorrentes vêm comunicando ao seus públicos de interesse aproxima a empresa dos consumidores e a coloca em voga, gera buzz. Na prática pode não trazer retorno em vendas, mas sinaliza que ela está atenta às novidades e se posiciona. Perder uma oportunidade como essa pode não ter consequências a médio e longo prazos, mas a curto prazo o consumidor viu, o mercado viu e principalmente a concorrência viu. Acompanhar o que acontece é sinal de que a empresa não fica pra trás, e posicionar-se comunica a todos de que ela está à frente.

HTML Snippets Powered By : XYZScripts.com